27 de maio de 2017
Inicial | Notícias | Técnico da Seleção Brasileira de MTB dá dicas para aproveitar férias sem prejudicar os treinos
Uvex_468x60
Foto: Álvaro Perazzoli / Agência Laborazoli

Técnico da Seleção Brasileira de MTB dá dicas para aproveitar férias sem prejudicar os treinos

Cadu Polazzo ensina amadores e profissionais a melhor maneira de descansar das competições no final do ano

Depois de uma temporada com diferentes competições de alto nível físico e técnico, finalmente é chegada a hora de atletas amadores e profissionais descansarem merecidamente dos campeonatos e provas que participaram no decorrer de 2015. Mas e os treinos?

Como aproveitar as festas e descansar das disputas de alto nível sem perder o preparo físico conquistado com muito suor durante o ano? Qual é o segredo de chegar preparado no início da próxima temporada? Cadu Polazzo – treinador da Seleção Brasileira de Mountain Bike e Mestre em Fisiologia do Exercício e Treinamento Esportivo – dá a receita. Veja abaixo:

Perfil de cada atleta

“Antes de pensarmos nas dicas é importante destacar que existem dois perfis diferentes que são mais comuns entre os atletas. O primeiro normalmente é o profissional, que segue treinando mesmo nas datas próximas de Natal e Ano Novo e até se dedica mais aos treinos por ter mais tempo livre. O segundo normalmente é o amador, que para nos dias 24 e 25 de dezembro e 31 de dezembro e 1º de janeiro, e prefere usar o período para descansar ou aproveitar as férias e a família. Isso é o mais comum”.

Foto: Álvaro Perazzoli / Agência Laborazoli
Foto: Álvaro Perazzoli / Agência Laborazoli

Excessos e pouco sono. O que fazer no dia?

“Alimentos pesados e noites mal dormidas podem afetar diretamente no ritmo do atleta durante o treino. A minha sugestão é moderação. Evite exageros. Porém, se tiver exagerado assim mesmo, quando voltar aos treinamentos não adianta ser afobado ou ter pressa em querer se recuperar. Comece com uma carga leve e aos poucos suba o nível. Dessa maneira o atleta evita desgastes maiores mais pra frente”.

É preciso acordar cedo no dia seguinte?

“A recomendação é tomar cuidado com o dia seguinte às festas de fim de ano. Normalmente nesse período o atleta dormiu menos e comeu mais do que o normal. A minha sugestão é deixar para acordar um pouco mais tarde e hidratar-se bastante. O ideal é começar a se hidratar de duas a quatro horas antes do treinamento”.

Foto: Álvaro Perazzoli / Agência Laborazoli
Foto: Álvaro Perazzoli / Agência Laborazoli

Evite a pausa total

“A pausa total não é a mais indicada nas férias. Porém, se mesmo assim optar por ela, é importante ter a consciência de retomar os treinos devagar para evitar lesões. Para fazer um comparativo, se uma pessoa para por 14 dias, ela pode levar até 1 mês para retomar o ritmo que estava”.

Para descansar não precisa ficar parado…

“Aproveite as férias para fazer uma atividade diferente e alivie o stress dos treinamentos. Caminhada, corrida, voleibol, natação são esportes que podem ajudar a manter a forma física e ainda divertir o atleta no período de descanso”.

… mas é muito importante

“Esse período é fundamental para recarregar as energias, ver os familiares e festejar o ano que passou. Acho que todos devem participar, desde que seja com moderação. O importante é a atenção com a alimentação, buscar atividades prazerosas para tirar o stress e voltar aos poucos – num ritmo leve e seguro – para garantir o melhor resultado”.

Cadu Polazzo

Preparador físico e Mestre em Fisiologia do Exercício e Treinamento Esportivo. Atualmente, técnico da Seleção Brasileira de Mountain Bike e treinador de diversos atletas da elite brasileira do MTB, como o atleta olímpico Rubens Donizete, Isabella Lacerda, Sofia Subtil, Luiz Henrique Cocuzzi e José Gabriel de Almeida.
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização