25 de abril de 2017
Inicial | Destaques | Lanterna / luz de segurança LL Cometa
Uvex_468x60

Lanterna / luz de segurança LL Cometa

Um produto potente, de custo acessível e de fácil instalação. Mas até que ponto vale a pena trocar um produto de marca conhecida por um modelo ‘xing-ling’?

Em meio a uma profusão de ofertas de luzes de segurança de todas as formas, tecnologias e preços, uma nova opção disponível no mercado promete aliar custo acessível, alta luminosidade e facilidade de uso. Trata-se da Lanterna / luz de segurança LL Cometa, recentemente desembarcada em algumas lojas de bike do Brasil.

Para todo ciclista urbano, ser visto à distância e com antecedência pode significar a diferença entre uma pedalada segura e prazerosa e um acidente com consequências nefastas. Para evitar este tipo de problema, o uso de luzes de segurança, principalmente em situações de baixa visibilidade é muito importante.

Entre as características mais desejáveis em um equipamento de segurança deste tipo destacam-se a boa luminosidade, autonomia de uso e resistência à intempéries. Além disso, modelos munidos de baterias recarregáveis sempre são preferíveis, não apenas pela economia mas também por questões ambientais. Esses atributos, geralmente reservados aos modelos de marcas consagradas são, via de regra, caros. 

Por este motivo, ao encontrar um novo modelo de luz de segurança com a potência presumida de 100 lumens, recarregável e com o custo próximo aos 100 reais, resolvi testar o LL Cometa para ver se ele era assim tão bom quanto sua propaganda alardeava.

Logo ao visualizar sua embalagem, causou-me estranheza pelas informações impressas, que pareciam ter sido traduzidas grosseiramente para o português via Google:

  • “Não carregue mais de 5V, a bateria vai resultar em danificada” (sic);
  • “Não veja nem brilhe esta lâmpada diretamente nos olhos” (sic).

Ao abrir a embalagem, constatei que seu manual de instruções, em inglês – o que fere o artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor -,  é de péssima qualidade de impressão, o que dificulta a leitura de suas minúsculas letras. Não bastasse isto, possui diversas informações erradas sobre as características do produto.

Modos de uso, de acordo com o manual

Modo Potência em lumens Autonomia Tempo de recarga
Standard 20 Até 6 horas e 20 minutos 2 horas
High 50 Até 2 horas e 45 minutos 2 horas
Overdrive 100 Até 1 hora e 40 minutos 2 horas
50% pulsante Até 3 horas 2 horas
100% pulsante Até 3 horas 2 horas
Estrobo Até 2 horas e 50 minutos 2 horas

Modos de uso real

Modo Potência em lumens Autonomia Tempo de recarga
Luz vermelha de alta intensidade ? 1 hora no máximo* 2 horas
Luz branca de alta intensidade ? 1 hora no máximo* 2 horas
50% pulsante ? 1 hora no máximo* 2 horas
100% pulsante ? 1 hora no máximo* 2 horas
Estrobo ? 1 hora no máximo* 2 horas

*Apesar da tabela no manual de instruções declarar 6 modos de uso e uma autonomia de até 6 horas de utilização, em nenhum momento de nossos testes a bateria aguentou mais do que uma hora contínua de uso.

Superada a frustração com o manual, passei minha atenção ao produto propriamente dito. De linhas comuns, a lanterna LL Cometa destaca-se pela sua grande fileira de micro LEDs de alta intensidade, capazes de garantir não apenas uma iluminação traseira potente, mas também fornecer luz branca capaz de atuar como farol dianteiro, quando preso ao guidão da bicicleta. 

A Lanterna / luz de segurança LL Cometa pode ser facilmente instalada com o auxílio de uma abraçadeira emborrachada e regulável, de forma se adaptar à maioria dos canotes de selim, quadros e guidões de bicicletas existentes no mercado. Seu conector quadrado permite a colocação tanto da abraçadeira quanto do próprio acessório na posição vertical ou horizontal. Sua trava de segurança, frágil e construída em plástico comum, não inspira a confiança que seu nome sugere.

Detalhe do kit composto por lanterna, cabo UBS e abraçadeira

Uma das principais vantagens do LL Cometa é sua bateria recarregável de polímero de lítio, recarregável através de uma porta USB localizada em sua parte traseira.

Infelizmente o conector adotado é o quase obsoleto Mini-USB, ao invés do Micro-USB, o que impede que a lanterna possa ser recarregada na mesma fonte de seu smartphone, por exemplo.

De acordo com o manual, duas horas de carga seriam suficientes para fornecer até 6 horas de autonomia de uso, porém em nossos testes este valor não passou nem perto: Na prática, em nenhum dos modos a lanterna permaneceu acesa por mais do que uma hora de utilização contínua.

Um produto potente, de custo acessível e de fácil instalação. Mas até que ponto vale a pena trocar um produto de marca conhecida por um modelo 'xing-ling'? m meio a uma profusão de ofertas de luzes de segurança de todas as formas, tecnologias e preços, uma nova opção disponível no mercado…

Lanterna / luz de segurança LL Cometa

Potência
Facilidade de uso
Autonomia
Qualidade de construção
Preço

Regular

Boa potência, mas com autonomia frustrante

User Rating: 2.5 ( 1 votes)

Test-drive – Uma vez instalado e ligado, a LL Cometa cumpre sua função primária: possibilitar que o ciclista seja visto à distância. Com sua superfície larga e grande intensidade luminosa, o acessório chega a ‘cegar’ momentaneamente nossos companheiros de pedaladas que estão para trás, de tão forte que é. Uma sugestão que eu daria seria posicionar a lanterna abaixo da linha dos olhos dos motoristas e ciclistas para evitar possíveis acidentes.

A lanterna permaneceu em funcionamento de forma exemplar mesmo sob ação da chuva, embora eu tenha notado ao chegar em casa que o pequeno anteparo de borracha que protege sua porta USB deixou parte da água penetrar em seu interior.

A baixa autonomia do acessório é extremamente frustante. Em nenhum momento dos testes a bateria aguentou mais do que uma hora contínua de uso, seja qual fosse o modo de iluminação utilizado. Levando-se em consideração que boa parte das pedaladas urbanas são realizadas em tempos superiores a uma hora, o risco do ciclista que utilizar o LL Cometa ficar no escuro antes do tempo é bem alto.

Minha conclusão é que gastar cerca duas horas para recarregar um acessório que não possui uma autonomia de uso para durar a metade deste tempo me parece uma tremenda incongruência.

Pontos positivos

  • Luminosidade intensa;
  • Bateria interna recarregável via porta USB;
  • Leve;
  • Fácil de usar e instalar.

Pontos negativos

  • Não possui regulagem de intensidade;
  • Baixa autonomia;
  • Qualidade do acabamento;
  • Ajuste de posição da abraçadeira não possui trava;
  • Frágil;
  • Informações da embalagem em ‘Portugoogle’ de difícil compreensão;
  • Manual em inglês com informações erradas.

Conclusão – Apesar da potência luminosa ser o maior apelo da luz de segurança LL Cometa, sua baixa qualidade de construção, aliadas a um manual de instruções que parece estar falando de outro produto torna a aquisição deste acessório um tanto questionável se comparado a outros produtos da mesma categoria e qualidade superior, como o Topeak RedLite Mega e o Cateye Rapid 1.

Para quem quiser conferir o produto de perto, a Lanterna / luz de segurança LL Cometa pode ser encontrada nas principais lojas de bicicletas do país ao preço médio de 120 reais.

Sobre o autor

André Ramos é editor do website MTB Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização