19 de agosto de 2017
Inicial | Destaques | Bomba de ar Bontrager Flash Charger TLR

Bomba de ar Bontrager Flash Charger TLR

Acessório indispensável para quem quer inflar pneus sem câmara sem a necessidade de se adquirir um volumoso – e caro – compressor de ar

Bontrager Flash Charger TLR
Praticamente todo ciclista que experimenta as vantagens do uso de pneus sem câmara torna-se seu fã incondicional. Maior conforto, tração nas curvas e despreocupação quanto aos furos são virtudes que dificilmente um pneu com câmara irá igualar. Entretanto, a instalação de pneus tubeless sem o auxílio de um potente compressor de ar é tarefa praticamente impossível, pelo menos até agora.

Foi pensando nisto que a Bontrager – divisão de acessórios da Trek Bikes – desenvolveu a Flash Charger TLR, sua primeira bomba de piso com capacidade para inflar rapidamente pneus sem câmara.

Pneus tubeless e sua instalação problemática – Instalar um pneu tubeless exige que o mesmo seja inflado de maneira rápida e uniforme, de forma que suas bordas se assentem uniformemente nas paredes do aro da roda, de forma evitar vazamentos. Até pouco tempo, as únicas alternativas viáveis para se inflar instantaneamente um pneu era utilizando compressores de ar ou os dispendiosos cartuchos de gás carbônico (CO2). Bombas manuais, por mais eficientes que fossem, não conseguiam entregar grandes volumes de ar de forma instantânea.

Para solucionar o problema, a bomba de ar Bontrager Flash Charger TLR utiliza um engenhoso sistema de barril duplo, no qual o barril principal é responsável por bombear o ar para um segundo barril que o armazena sob pressão de até 160 psi. Uma vez armazenado, o ar comprimido pode ser liberado instantaneamente mediante o acionamento de uma alavanca, inflando o pneu em poucos segundos.

A bomba

Maior e significativamente mais pesada que uma bomba de piso comum, a Flash Charger TLR utiliza metal como material de construção de seus barris de ar. O barril principal, que funciona como uma bomba de ar comum, é de liga de alumínio, que possui boas características de dissipação de calor. Já o barril de armazenagem, na cor preta, é construído em aço e possui o dobro do diâmetro, de forma poder armazenar um grande volume de ar comprimido.

Sua base, em metal anodizado na cor preta, é bastante estável, o que impede quedas acidentais. Senti falta de algum tipo de proteção emborrachada tanto em sua parte inferior (o que impediria arranhões no piso) quanto em sua parte superior, que pode ficar arranhada facilmente caso o usuário pise nela com suas sapatilhas com taquinhos metálicos.

Bontrager Flash Charger TLR em ação
Bontrager Flash Charger TLR em ação

A alavanca de acionamento da bomba é confeccionada em material plástico, o que em princípio causa uma falsa sensação de fragilidade, que desaparece durante a operação: em nenhum momento o material flexionou durante o bombeamento, o que comprova a boa qualidade dos acabamentos dos produtos da Bontrager.

A mangueira, em material emborrachado, possui 1,10 metros, mais do que suficiente para ser operada a nível do solo, mas um pouco curta para ser utilizada em uma bike presa em seu rack ou suporte. O material é de qualidade e não expande durante a operação.

Cabeça inteligente

A bomba Bontrager Flash Charger TLR possui cabeça inteligente, compatível com válvulas Presta e Schrader sem a necessidade do uso de adaptadores
A bomba Bontrager Flash Charger TLR possui cabeça inteligente, compatível com válvulas Presta e Schrader sem a necessidade do uso de adaptadores

Um dos grandes destaques da Bontrager Flash Charger TLR é sua cabeça inteligente, compatível com válvulas do tipo Presta ou Schrader sem a necessidade do uso de adaptadores. Mais fácil de utilizar, impossível: Basta encaixar a cabeça na válvula, acionar a trava e pronto!

No que diz respeito à trava, sua construção em plástico transmite a impressão de fragilidade. Um modelo em metal seria mais condizente com uma bomba dessa categoria. 

Manômetro

Mesmo localizado em uma posição privilegiada, na parte superior do barril de armazenagem, onde teoricamente sua leitura seria facilitada, o manômetro, de pequenas dimensões e com o fundo prateado, pode dificultar a vida de usuários com problemas de visão como eu. Embora tenha se revelado com uma precisão bem acima de outros modelos que testei, o mesmo exigiu um esforço extra na sua visualização.

O manômetro possui capacidade de medição de até 160psi de pressão, suficiente para inflar corretamente a grande maioria dos pneus disponíveis no mercado.

Funcionamento

A parte superior da bomba abriga uma alavanca plástica na cor vermelha, responsável por direcionar o ar bombeado para o barril de armazenagem ou diretamente para o pneu. No modo Inflate, a Flash Charger TLR funciona como uma bomba comum. Já na posição Charge, o ar bombeado é direcionado para o barril secundário, onde fica armazenado sob pressão até o momento de ser liberado, o que é realizado ao se alterar novamente a alavanca para o modo Inflate. Um pequeno botão, na cor vermelha e localizado na parte frontal da bomba pode ser utilizado para esvaziar o excesso de ar.

Através do acionamento de uma alavanca, é possível escolher entre bombear diretamente o ar para o pneu, como em uma bomba comum, ou armazená-lo para utilização posterior
Através do acionamento de uma alavanca, é possível escolher entre bombear diretamente o ar para o pneu, como em uma bomba comum, ou armazená-lo para utilização posterior

Em um teste realizado em um pneu Maxxis Ikon Tubeless 29×2.20 TR, montado em uma roda com aro normal convertida para tubeless por meio da instalação de vita vedante Roval (Specialized) e líquido vedante Stan’s NoTubes, o pneu foi inflado em pouco menos que três segundos, o suficiente para assentar uniformemente suas bordas nas paredes internas do aro, evitando vazamento do líquido selante e do ar em seu interior.

Um pequeno botão funciona como purga para o excesso de ar

A bomba também inflou de forma rápida e satisfatória pneus de bicicleta de estrada, onde as exigência de altas pressões são bem maiores que nos modelos mountain bike. Pneus de bicicleta tubeless e com câmara de ar, de estrada, recreacionais e até mesmo fat bikes não foram problemas para a bomba que testei, apelidada carinhosamente de “Dilma”, graças à sua capacidade de “estocar ar”.

Para quem ela é indicada – Embora possa ser utilizada como bomba de piso comum, a grande vantagem da Flash Charger TLR é sua utilização como ferramenta para instalação de pneus sem câmara. Em ambientes residenciais, em pequenos espaços e até mesmo no ambiente de provas e competições, a bomba da Bontrager pode substituir com vantagens os caros, ruidosos e volumosos compressores de ar.

Preço

No Brasil, a Flash Charger TLR é comercializada por 750 reais. Embora esse valor possa parecer muito alto para uma bomba de ar, seu custo é bem inferior a um compressor elétrico de oficina ou mesmo de concorrentes como a Topeak JoeBlow Booster.

Bomba de ar Bontrager Flash Charger TLR

Facilidade de uso
Eficiência
Acabamento
Preço

Muito Bom

Boa alternativa ao uso dos pesados, caros e ruidosos compressores de ar

User Rating: 3.75 ( 1 votes)

Pontos positivos

  • Facilidade de uso;
  • Rápida;
  • Precisa;
  • Permite inflar pneus tubeless de forma rápida e prática;
  • Compatível com todos os tipos de pneus, com e sem câmara de ar;
  • Mais barata que um compressor de ar.

Pontos negativos

  • Pesada;
  • Manopla de acionamento e alavanca da cabeça em plástico;
  • Base sem acabamento emborrachado;
  • Manômetro de pequenas dimensões.

Agradecimentos: BSB TriBike e SuperBike 101

Sobre o autor

André Ramos é editor do website MTB Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização