28 de junho de 2017
Inicial | Notícias | Bicicletas | Trek lança oficialmente sua primeira bike de DH com rodas aro 29 polegadas
JPG Heelys 468x60

Trek lança oficialmente sua primeira bike de DH com rodas aro 29 polegadas

Após ser testada exaustivamente nas principais competições mundiais de Downhill, nova Trek Session 29er chega ao mercado

O fabricante estadunidense Trek anunciou o lançamento da linha 2018 de sua linha de bicicletas Session, voltada para o seguimento de Downhill. Totalmente reformulada para a temporada, a nova Session conta com um destaque em particular: a introdução do formato de roda 29 polegadas, o que a torna o modelo da categoria a ser oferecido comercialmente nesta opção.

Trek Sesion 29er 2018

Último bastião de resistência ao formato de rodas grandes, o Downhill até então sempre foi dominado por bicicletas com rodas aro 26 e 27.5 polegadas, sempre tidas como mais ágeis nos extremamente técnicos circuitos mundiais da UCI. Mesmo com alguma rejeição por parte dos tradicionalistas, entretanto, a imposição mercadológica acabou prevalecendo, com fabricantes como a Santa Cruz, a Mondraker e a própria Trek testando novos protótipos de bikes com aros 29″. Para surpresa de alguns, o formato não apenas fez bonito, como passa agora a ser uma opção disponível no mercado.

A nova Trek Sesion 2018 será oferecida nas opções de rodas 27.5″ (à esquerda) e 29″ (à direita)

Com duas opções de formato (27.5″ e 29″), a nova Trek Session 2018 será disponibilizada no mercado a partir de agosto deste ano. Em relação ao modelo atual, conta com alterações significativas em sua geometria, que está mais agressiva do que nunca, graças a um reach 20mm maior. Para garantir uma maior estabilidade, os stays também aumentaram de tamanho e a altura da caixa de centro abaixou 10mm.

O ângulo da caixa de direção, que passa a vir de fábrica com 63º, pode ser personalizado, graças a um sistema de calços

O ângulo da caixa de direção, que passa a vir de fábrica com 63º, pode ser personalizado, graças a um sistema de calços que permite alterá-lo para 64º ou 62º. Assim como nos modelos atuais, a Session 2018 conta ainda com o exclusivo sistema de ajuste da balança traseira Mino Link, que permite alterar a altura da caixa de centro mediante a alteração do posicionamento de um pivô excêntrico.

Detalhe do pivô excêntrico Mino Link, que pode ser montado de forma invertida para alterar a altura da caixa de centro

Amortecedor a ar – Ao contrário da maioria das bicicletas de DH, a nova Session 2018 utiliza um modelo ar/óleo, desenvolvido especialmente para ela. O novo amortecedor Foz Float X2 conta com uma leitura de pequenos impactos similar aos modelos a mola/óleo e é muito mais personalizável. Graças as suas infinitas possibilidades de ajustes e à sua curva de amortecimento progressiva, a Trek optou por eliminar o sistema Full Floater que impedia que os amortecedores a mola chegassem ao seu limite de curso. Por outro lado, o sistema ABP (Active Braking Pivot), mantém a suspensão traseira ativa, mesmo em situações de forte frenagem, permanece.

Detalhe do novo amortecedor Foz Float X2

Construído em fibra de carbono OCLV, o quadro da nova Trek Sesion 2018 conta com protetor no tubo inferior, chainstays e seatstays, roteamento interno dos cabos e conduítes, bem como bumpers emborrachados que evitam que a coroa do amortecedor dianteiro toque no quadro, danificando-o.

De acordo com a Trek, o modelo 29er é voltado para ciclistas que querem obter vantagem em circuitos de alta velocidade. Já o modelo 27.5 polegadas, mais ágil, deve ser a escolha natural para uso em percursos mais técnicos. Em ambos os formatos de roda, são utilizados eixos passantes de 157 x 12mm na roda traseira.

A nova Trek Session 27.5″ Carbon será disponibilizada tanto completa (7,999 dólares) como quadro avulso (3,999 dólares, com o amortecedor traseiro Fox Float Factory X2). Já o modelo 29er será oferecido em um primeiro momento apenas como quadro avulso, ao preço de 4,999 doláres (com amortecedor traseiro Fox Float Factory X2 e garfo Fox 40 FIT RC2 inclusos).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização