22 de julho de 2017
Inicial | Notícias | Ciclismo | Parceria cria centro de formação de Ciclismo de Pista no Velódromo Olímpico
JPG Heelys 468x60
Ministro Leonardo Picciani inaugurando o projeto - Foto: Divulgação

Parceria cria centro de formação de Ciclismo de Pista no Velódromo Olímpico

Projeto é uma parceria da AGLO, CBC e Fecierj para atender crianças e adolescentes estudantes de 6 a 21 anos

O presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), José Luiz Vasconcellos, participou no último sábado, 7 de julho, da inauguração do Centro de Formação de Ciclismo de Pista no Velódromo Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. O evento ainda contou com à presença do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, do presidente da AGLO, Paulo Márcio, e do secretário nacional de Esporte, Lazer, Educação e Inclusão Social, Leandro Fróes.

“O trabalho será focado em transformar o Velódromo Olímpico como percursor de centros de desenvolvimento do ciclismo no Brasil.  A inclusão social desses jovens através da bicicleta irá promover uma grande mudança na vida dessas pessoas”, destacou Vasconcellos.

Leandro Fróes (à esquerda), ao lado do presidente da CBC, José Luiz Vasconcellos – Foto: Divulgação

A ação é uma parceria da Autoridade de Governança do Legado Olímpico com a Confederação Brasileira de Ciclismo e Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo é dar oportunidade para crianças e jovens de 6 a 21 anos de áreas de vulnerabilidade social à praticarem ciclismo.

Para participar os interessados devem realizar as inscrições no Velódromo do Parque Olímpico das 08 às 10h, 12h30 às 14h30 ou 16h às 18h. As aulas irão acontecer de segunda a sexta sempre no contraturno escolar do participante. Todas as atividades serão propostas e supervisionadas por treinadores formados através da Academia Brasileira de Treinadores (ABT) do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Maiores informações podem ser solicitadas pelo coordenador geral, Fernando Firmino, através do telefone (11) 96909-0875.

Extensão – Pensando na expansão e descentralização do projeto, a confederação e o Ministério do Esporte já estudam efetivar as ações também em outras cidades que possuem velódromo.

O programa irá seguir os mesmos moldes do que será executado no Rio de Janeiro, sempre priorizando a iniciação de crianças e adolescentes no ciclismo.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização