21 de outubro de 2017
Inicial | Notícias | Bicicletas | Bugatti PG, a bicicleta urbana mais leve e cara do mundo

Bugatti PG, a bicicleta urbana mais leve e cara do mundo

Fabricante de carros esportivos cria, em parceria com o escritório de design PG, edição limitada de bike urbana quase totalmente construída em carbono e com apenas 5 quilos de peso total

Ícone máximo do automobilismo, a marca italiana Bugatti é, desde sua fundação em 1909, sinônimo de esportividade, requinte e, sobretudo, exclusividade. Portanto, não foi uma grande surpresa quando a montadora, seguindo a tendência dos demais grandes fabricantes de automóveis, resolveu aventura-se no mercado do ciclismo com um novo modelo de bicicleta que chama (e muito!) a atenção pelo design arrojado, alta tecnologia e altíssimo preço.

Apresentada por ocasião da Eurobike – maior feira de bicicletas do mundo, a nova PG Bugatti foi desenvolvida em parceria com o escritório de design alemão PG, que disponibilizou um de seus mais experientes membros, Manuel Ostner, para coordenar o projeto. Não por acaso, o designer tem em seu currículo o projeto de bikes personalizadas para celebridades como Orlando Bloom, Lady Gaga, Christoph Waltz e Bryan Adams, abraçando o projeto com o objetivo de criar uma bicicleta única para pessoas únicas, que não se importam em pagar o que for necessário pela exclusividade.

Construída na Alemanha, mais de 95% do material empregado na construção da PG Bugatti utiliza a fibra de carbono. O quadro monocoque e o garfo, foram construídos pela Merelli, marca italiana com mais de 30 anos de experiência neste material, sendo fornecedora de componentes para diversas equipes de Fórmula 1.

Seus componentes foram fornecidos pelas empresas Kußmaul e Schmolke. As rodas, no mesmo material – incluindo os cubos e raios -, são da Lightweight, enquanto que a THM Carbones forneceu os sistemas de freios, blocagens e pedivela. Por fim, a Tune foi a responsável pelo cockpit: selim, mesa e guidão. Os pneus, um dos poucos itens que não utilizam o carbono na PG Bugatti, são da Continental.

Detalhe da transmissão por correia dentada

Peso pluma – Para reduzir ao máximo o peso, o quadro utiliza um curioso design que emprega um único seatstay no lado esquerdo, enquanto que um solitário chainstay no lado direito sustenta a roda traseira. A tração é realizada por correia dentada, que reduz a manutenção e dispensa lubrificação.

Freio? Só na roda dianteira!

Minimalista até os últimos detalhes, a PG Bugatti não possui marchas e conta com freio apenas na roda dianteira O resultado é uma bicicleta com o peso total que não passa dos 5kg.

Limitada a 667 unidades, todas com sua numeração correspondente impressa no quadro, a PG Bugatti será comercializada pela bagatela de 33 mil euros (cerca de 125 mil reais). 

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização