13 de dezembro de 2017
Inicial | Notícias | Bicicletas | Fabricante finlandês constrói bicicleta de alumínio que utiliza cola no lugar da solda
Pole Machine

Fabricante finlandês constrói bicicleta de alumínio que utiliza cola no lugar da solda

Quadro da Pole Machine é esculpido em CNC a partir de um único bloco maciço de alumínio 7075 T6, cujas partes são unidas por um adesivo especial de uso aeronáutico

Um fabricante de bicicletas está lançando no mercado um novo modelo que utiliza técnicas pouco convencionais para a construção de seu quadro.

A nova bicicleta de enduro Machine, da marca finlandesa Pole abre mão das tubulações e soldas utilizadas na maioria das bikes de alumínio para em seu lugar usar um único bloco de liga de alumínio 7075 T6, usinado milimetricamente por processo de comando numérico computadorizado (CNC). O resultado são três peças cujas paredes dos tubos possuem diversas variações de espessura e que posteriormente serão unidas para que o quadro crie sua forma final.

O quadro da Pole Machine é construído a partir de um único bloco de alumínio
O quadro da Pole Machine é construído a partir de um único bloco de alumínio

De acordo com Leo Kokkonen, chefe de design da Pole, a opção em utilizar o alumínio 7075 no lugar no 6061 – o mais utilizado na construções de bicicletas -, é que o primeiro possui maior resistência mecânica e leveza, além de ser mais fácil de ser torneado que o 6061. 

Por outro lado, a presença de zinco nas ligas de alumínio 7075 torna o processo de soldagem difícil e com baixa tolerância a erros durante o processo. A solução encontrada pela Pole foi utilizar uma cola especial, utilizada pela indústria aeroespacial, para unir as peças após o processo de escultura por CNC. O processo é realizado na própria sede da Pole para garantir o maior controle de qualidade possível.

Sem pintura – A nova Pole Machine dispensa o uso da pintura, o que resulta em um design único, graças as marcas deixadas pelo CNC em sua superfície durante o processo de usinagem. Além de deixar a bike mais leve (tintas e pigmentos adicionam, em média 250 gramas ao peso final), o alumínio 7075 é mais resistente a arranhões que a liga 6061. Além disso, o processo de oxidação superficial do quadro acaba por produzir uma pátina única que varia de bike para bike.

Detalhe do posicionamento assimétrico do amortecedor da suspensão traseira

Suspensão assimétrica – As diferenças não param por aqui. A nova Pole Machine conta com um sistema de suspensão traseira com posicionamento assimétrico do amortecedor, localizado no lado esquerdo da bicicleta. Isto permite um maior espaço no interior do tubo do selim, de forma a compatibilizar a maior variedade possível de modelos de canotes de selim telescópicos.

O amortecedor utilizado é o RockShox Super de Luxe RCT, que em combinação com a balança da suspensão resulta em um curso de 160mm.

O cabeamento dos freios, marchas e do canote do selim da Pole Machine é realizado por fora do quadro

Cabeamento ‘stealth’ – Contrariando a tendência dominante do mercado nos últimos anos, o cabeamento dos freios, marchas e do canote do selim da Pole Machine é realizado por fora do quadro, de forma tornar sua manutenção o mais simples possível. Tanto o tubo superior quanto o inferior do quadro da Machine possuem uma espécie de canaleta para que os conduítes fiquem o mais escondidos possível.

Já o conduíte do canote do selim conta com uma porta no quadro que compatibiliza sua instalação com o roteamento externo ao quadro.

A Pole Machine conta com três pontos ancoragem para instalação de suportes para garrafas

Espaço de sobra – O design único do quadro da Machine surpreende em um universo onde a grande maioria das bicicletas full suspension mal possui espaço para uma única garrafa de água. O modelo da Pole conta com nada menos que três ancoragens para instalação de suportes para garrafas e/ou ferramentas, sendo duas localizadas acima do tubo inferior e uma abaixo.

A opção por eixos no padrão Boost aliado ao seu desenho permite a Pole Machine utilizar pneus de até 3 polegadas de largura.

Vendas – Em seu website, a Pole deu início à comercialização da nova Machine em regime de pré-venda, que será comercializada na Europa por 5.604 euros (equipada com grupo  SRAM XX1 Eagle e garfo RockShox Lyric RCT3. O quadro avulso será vendido por 2.782 euros.

Especificações técnicas

Especificações técnicas

Movimento central SRAM GXP
Freios SRAM CodeRSC 200/200mm
Cassete SRAM XG-1299 Eagle
Corrente SRAM XX1 Eagle 12 velocidades
Guia de corrente One Up
Pedivela SRAM X01 Carbon Eagle Boost 148
Câmbio traseiro SRAM X01 Eagle 1 × 12 velocidades
Amortecedor dianteiro RockShox Lyric RCT3 Boost 180mm 15 x 110mm
Manoplas Ergon
Guidão Descendant Carbon ø35mm rise
Caixa de direção Cane Creek Forty ZS44 / ZS56
Eixo traseiro Stealth
Selim Ergon
Canote de selim Bikeyoke Revive 125/160/185mm
Trocador de marcha SRAM XX1 Eagle 12 velocidades
Amortecedor traseiro RockShox Super de Luxe RCT 230 x 65 DB2T MM 320
Mesa Descendant ø35mm
Pneus Schwalbe Magic Mary Super Gravity, TL Easy / Rock Razor Super Gravity, TL Easy
Rodas DT Swiss EX1501 29/ 15×110 / 12×148

Geometria

Geometria

Tamanho do quadro S
160-170cm
M
170-180cm
L
180-190cm
XL
190-200cm
1. Ângulo da caixa de direção  63.9 (591mm AC, 51 Offset)
2. Reach 450 480 510 535
3. Reach (efetivo) 577 607 637 662
4. Altura do movimento central -20mm
5. Ângulo do tubo do selim 78
6. Ângulo do tubo do selim (efetivo) 79
7. Stack 660
8. Distância entre eixos 1275 1305 1335 1360
9. Comprimento do chainstay (efetivo) 445
10. Comprimento do tubo do selim 420  440 480  510
11. Caixa de direção 135
12. Offset  51
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização