13 de dezembro de 2017
Inicial | Notícias | Pedal das Capivaras estimula debate sobre a despoluição do Rio Pinheiros

Pedal das Capivaras estimula debate sobre a despoluição do Rio Pinheiros

Evento nesta quinta-feira (7) reunirá representantes da sociedade civil e governo, a partir das 10h da manhã. Pedalada na Ciclovia será no final da tarde do sábado (9)

A sexta edição do Pedal das Capivaras, passeio ciclístico que será realizado neste sábado (9) na Ciclovia do Rio Pinheiros, em São Paulo, terá seu início na manhã desta quinta-feira (7) com a realização de uma roda de debate na capital paulista. A partir das 10h, no Auditório Coworking, na Alameda Santos, estarão reunidos os dez debatedores convidados, para discutir o tema central das ações, pedalada e debate, que é alertar a população e os governantes para a importância da despoluição do Rio Pinheiros.

“O Pedal das Capivaras começou em 2011, um ano após a inauguração da Ciclovia do Rio Pinheiros. De lá para cá, o evento cresceu e mais interessados em debater a causa juntaram-se a nós. A quantidade de pessoas que utilizam a Ciclovia, seja para treinar, locomover-se ao trabalho ou apenas como lazer”, destaca João Magalhães, um dos organizadores do evento. 

“Os dados da CPTM mostram que mais de 3 milhões de ciclistas já pedalaram lá, de 2010 até hoje. Ou seja, o Rio Pinheiros saiu do esquecimento, hoje ele é parte da cidade, por onde passam não apenas automóveis de vidro fechado para não sentirem o mau cheiro do rio, mas também cerca de 40 mil ciclistas por mês. São Paulo é uma das principais cidades da América Latina e merece um Rio Pinheiros despoluído. É por essa causa que estamos nos reunindo e esperamos dar início a uma ação duradoura que gere resultados, chamando atenção da população e do poder público para o tema”, complementa João Magalhães.

Ilustração do site #VoltaPinheiros – Foto: Divulgação / Volta Pinheiros

Os participantes do debate – Entre os dez convidados para debaterem o tema do Pedal das Capivaras, estarão reunidos representantes da sociedade civil e de órgãos do governo, com experiência e conhecimento em diversas áreas. Todos eles trazem à tona a importância de colocar em pauta a necessidade de despoluir o Rio nos holofotes da mídia e do poder público.

O projeto #VoltaPinheiros encabeça a lista de confirmações do debate, representado pelo publicitário Marcelo Reis. Ao lado de outros cinco integrantes da equipe, Carolina Younis, Bruno Andrade, Andreza Aguiar, Pedro Utzeri e André Curi, o #VoltaPinheiros nasce pela falta de cobrança aos setores públicos por parte da sociedade para solucionar o tema, ao sentirem que é chegado o momento de pressionar as entidades responsáveis pela questão. A iniciativa inclusive conta com um abaixo assinado.

Quinta edição do Pedal das Capivaras, em 2015 – Foto: JB Carvalho / Shimano

Estarão ainda no debate do Pedal das Capivaras, pessoas ligadas ao poder público, tais quais o vereador de São Paulo, José Police Neto, o diretor do EMAE (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), Eduardo Rocha, e o diretor do Parque do Ibirapuera, Heraldo Guiaro. A representante do terceiro setor será Filó, da ONG Pedal Sustentável, enquanto a cicloativista Roberta Godinho vai expor o ponto de vista de quem utiliza a Ciclovia às margens do Rio diariamente. Na área da comunicação, mais dois representantes com conhecimento para abordar o tema, a fotógrafa Marina Klink e Edu Gasperini, apresentador do programa Vamos Pedalar – TV Cultura.

Por fim, completam o time do debate duas pessoas que podem ajudar na prática o sonho de ver o Rio Pinheiros um dia despoluído, Fran Junqueira, advogado e sócio da Biotecnicontrol, uma empresa do grupo Multieficiencia, com larga experiência na despoluição de rios; e Pedro Oliva, renomado atleta de caiaque, embaixador da Thule e organizador do Projeto Cachoeiras que percorreu o Rio Paraíba do Sul, da nascente até sua foz, coletando dados de pesquisa e realizando ações ambientais.

João Magalhães – Foto: JB Carvalho / Shimano

Ciclovia do Rio Pinheiros – Principal opção para a prática do ciclismo na capital, a ciclovia foi fundada em fevereiro de 2010 e é administrada pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Com uma média mensal de 35 mil ciclistas usuários do espaço atualmente, ultrapassou em 2017 a marca de 3 milhões de usuários no total nestes quase oito anos de funcionamento. O percurso margeia o Rio Pinheiros e tem, hoje, extensão de 21,2 km, o que faz dela a mais longa de São Paulo, ou seja, ideal para treinamentos. Infelizmente a Ciclovia tem boa parte de seu trajeto interditada em razão de obras que não tem previsão de término.

Serviço

Debate e Pedal das Capivaras

Debate

  • Data: quinta-feira – dia 7
  • Horário: 10 horas
  • Local: Auditório Coworking
  • Endereço: Alameda Santos, 415, 14° andar

Pedal das Capivaras

  • Data: sábado – dia 9
  • Horário: 17 horas
  • Local: Ciclovia do Rio Pinheiros
  • Ponto de encontro: Mit Point – Shopping JK Iguatemi, a partir das 16h
  • Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização